Com Todo Amor (Rosamunde Pilcher) - Sempre Nerd

Header Ads

test banner

Home Top Ad

Responsive Ads Here

18 dezembro 2013

Com Todo Amor (Rosamunde Pilcher)

Olá pessoal, tudo bem?

Alguém já leu "Com todo Amor" de Rosamunde Pilcher?


Sinopse: Disposta a saber a verdade sobre a ausência do pai em sua infância, Emma Litton retorna à Cornualha. Após anos morando na Suíça e na França, ela conhece, em Londres, Robert Morrow. Ele é proprietário de uma galeria de arte, onde o seu pai, um pintor famoso, expõe suas telas. Diante da tensão e do sofrimento, ela conta com o apoio do meio-irmão, Christopher, por quem acha que é apaixonada. Aos poucos as incertezas diminuem e ela consegue ter uma outra idéia do pai. Emma finalmente conhece a verdade da alma paterna e também a sua.

Que eu gosto da escrita da Rosamunde Pilcher não é nenhum segredo para aqueles que já me conhecem, mas essa trama não me envolveu como as outras que já li da autora.

O cenário criado pela autora foi bem dramático, uma jovem que tenta entender a razão do pai tê-la abandonado em um colégio interno e mal ter ido visitá-la ao longo dos anos.

Ben Litton é um artista, dos mais excêntricos que já vi! A esposa morre ao dar à luz a Emma e por isso a menina fica em seus cuidados, mas Ben não faz o estilo paternal de forma nenhuma! Casa-se novamente e a atual esposa tem um filho chamado Christopher, que logo torna-se amigo de Emma, mas por conta dos conflitos a separação do casal é inevitável, desfazendo assim a única oportunidade que Emma teve de ter uma família.

Ao longo da trama Emma tenta desesperadamente fazer parte da vida do pai, entrar em seu mundo e sentir-se importante para ele, mas devido à excentricidade de Ben, isso é quase impossível e consequentemente Emma torna-se uma pessoa cheia de traumas e dificuldades em relacionar-se com os demais.

Mas nem só de tristeza e decepções é feita a vida de Emma, surge uma pessoa que tenta ajudá-la com toda a boa vontade. É interessante como tem pessoas que se esforçam tanto para conquistar a afeição de alguém em especial, enquanto que ao seu redor, existem outras só querendo uma oportunidade de aproximação. Acredito que essa seja a ‘grande lição’ que a autora quis passar com esse livro.


Fiquem com Deus e até a próxima!


Gladys Sena.



Plágio é crime!

2 comentários:

  1. Olá!

    Tudo bom?

    Infelizmente esse livro não em atraiu.Não conheço a autora e nenhuma das obras dela!

    Beijos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  2. É um livro muito bom! Achei que seria clichê e sem graça, mas a leitura é bem estimulante!

    ResponderExcluir

Disqus for Sempre Nerd